“I am the code”: história inspiradora de Mariéme Jamme e programação para meninas

“I am the code”: história inspiradora de Mariéme Jamme e programação para meninas

Mariéme Jamme, Senegal. Sofreu abandono materno aos 5 anos, passou por mais de 28 orfanatos. Aos 14, foi traficada para a França. Analfabeta. Sofreu diversos abusos sexuais. Viveu nas ruas.

No clipping de hoje não vamos falar de mais uma história extremamente triste e, infelizmente, tão comum nos dias atuais. Mas, falaremos de uma história de superação.

Mariéme Jamme, no auge de sua desanalfabetização, aos 16 anos, foi levada a um centro de refugiados onde aprendeu a ler e a escrever e desenvolveu uma paixão pela leitura. Aos 19, através de um programa para estudar em outros países, mudou-se para a Inglaterra e, nos intervalos dos trabalhos que fazia para se manter, estudava diversos programas, como o Excel.

Trabalhou durante alguns anos imputando dados em planilhas, até que sem saber, gerou US$ 75 milhões para o banco onde trabalhava. A participação de lucros que recebeu mudou sua vida. Trabalhou depois em uma gigante tecnológica até que decidiu abrir sua própria empresa.

Hoje, ela tem três cidadanias, transformou sua empresa em uma cooperativa que ajuda meninas na África e no mundo a encontrarem sua identidade e as dá uma oportunidade de vida através da tecnologia. Por não se deixar consumir pelos fatos trágicos que lhe aconteceram, Mariéme foi na contramão do óbvio, descobriu quem ela era e reverteu uma situação que tinha tudo para virar estatística.

Isso me lembra as histórias de Mefibosete (2Samuel 4:4,9:1-13) e de Neemias (Neemias 1:1-11). Mefibosete, um príncipe, filho de Jonatas e neto do rei Saul, no mesmo dia perdeu seu avô, seu pai, a sucessão real e a possibilidade de andar, decidiu viver como um cão morto. Ele decidiu usar sua dor pra sofrer e morrer. Entretanto, Neemias, ao saber que Jerusalém e seu povo estavam destruídos, chorou, sofreu, mas decidiu levantar a cabeça, orar ao Senhor e tomar uma atitude. Em cinquenta e dois dias, reconstruiu Jerusalém e mudou a história daquele tempo (Neemias 6:1-15).

Em qual dessas história você quer se inspirar? Decida hoje a não deixar suas frustrações e tragédias decidirem o seu futuro. Decida hoje, assim como Neemias e Mariéme, mudar o rumo da sua vida. Não vire estatística.

 

Colaboradora: Susane Sousa

Clipping:

https://revistatrip.uol.com.br/trip/marieme-jamme-quer-ensinar-programacao-1-milhao-de-meninas

Deixe uma resposta