Sobre livros infantis, Jout Jout e buscas incessantes

Sobre livros infantis, Jout Jout e buscas incessantes

O clipping de hoje é sobre um vídeo que recentemente a youtuber Julia Tolezano (vulgo Jout Jout) postou. Nele, ela faz a leitura de um livro chamado “A Parte Que Falta” de Shel Silverstein. Sim, é um livro infantil, mas traz uma mensagem que todos nós podemos refletir.

Na linguagem e ilustração simples, o autor retrata um personagem que sente um vazio dentro de si e sai em busca de algo que o preencha. No caminho, se depara com vários contratempos, intempéries e desafios: encontra uma parte que não quer ser parte dele, se depara com partes que não se encaixam (por mais que ele tente), partes que se vão naturalmente, partes que ele perde, partes que ele acaba quebrando por segurar forte demais, partes que o impedem de ter aquilo que ele achava ser o melhor pra ele… até que finalmente encontra uma que encaixa perfeitamente, contudo fica infeliz com a descoberta… e recomeça a procura.

Qual é a grande mensagem do livro? Vivemos em uma geração que busca incessantemente “tapar” seus vazios, seja com entretenimento, trabalho, relações vazias, estamos o tempo todo em busca da completude, do copo cheio, da metade da laranja, de sermos 100% felizes, realizados, autossuficientes, excelentes em tudo. Mas nos frustamos, o tempo todo, nos machucamos e muitas vezes machucamos os outros com os vazios latejando dentro de nós.

Quantos aparentemente plenos suicidam-se? Quantas meninas que consideramos lindas sofrem com transtornos alimentares ou psicológicos? O que tanto buscamos que nunca estamos satisfeitos? E quantas vezes nos perdemos nessa jornada e deixamos de nos reconhecer?

Contudo, em meio a tantos buraquinhos vazios, existe alguém que nos estende a mão, nos acolhe, preenche, nos transborda. Alguém que deu sua vida para que nós tivéssemos uma vida plena.

Em João 10:10 Jesus diz: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente”. O que buscamos nessa terra nunca poderá ser comparada ao que Ele nos proporciona. A vida que há Nele tem o poder de mudar tudo, pois não é algo humano, é sobrenatural. E quando nos conectamos a Jesus, podemos mostrar o caminho para quem está do nosso lado procurando respostas e complementos.

Por isso, nossa dica para quem está como o personagem do livro, em uma busca sem fim por algo que o complete, você já foi encontrado! Naquele que é completo, Naquele que te criou e te conhece por inteiro, você pode ser cheio. Em Jesus você é inundado por um amor que transborda, que enche não apenas as lacunas, mas seu coração por inteiro. Nele há direção, há a certeza de um amanhã, há reconhecimento e descoberta, Nele você encontrará o que tanto tem buscado.

Colaboradora: Gabi França

Este post tem um comentário

  1. Alinne Costa

    😍😍😍

Deixe uma resposta